Primeira reunião de polo do Parlamento Jovem 2018

Projeto Pé no Bairro – Participe!
16 de fevereiro de 2018
Pé no Bairro Santa Luiza movimenta dezenas de pessoas
19 de fevereiro de 2018

O presidente da Escola do Legislativo de Machado professor Clayton Nery e os coordenadores que estão à frente do Parlamento Jovem 2018, servidores Geovana Signoretti, Aryovaldo Júnior e Ana Paula Franzoni, participam neste momento em Pouso Alegre, da primeira reunião do Polo Sul de Minas IV, o qual Machado faz parte.

Serão discutidos o tema escolhido para este ano, programação, oficinas, entre outros aspectos que envolvem o PJ. O Parlamento Jovem é um projeto de educação política, que tem como objetivo formar jovens críticos politicamente, cidadãos que buscam o melhor para sua cidade.

Se você está matriculado no ensino médio e deseja fazer parte desse projeto, entre em contato conosco através do e-mail:

camaramunicipaldemachado@gmail.com ou pelo telefone: 3295-1386.

Em 2018, o Parlamento Jovem de Minas completa 15 anos. Esse programa de formação política voltado aos estudantes do ensino médio dos municípios mineiros cria a oportunidade de conhecer melhor a política e os instrumentos de participação no Poder Legislativo municipal e estadual.

A cada ano, os jovens escolhem um tema de relevância social e vivenciam atividades de estudo, debates e deliberação que contribuem para sua formação política.

É uma iniciativa da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), por meio da Escola do Legislativo (ELE), realizada em parceria com diversas câmaras municipais mineiras.

 

OBJETIVOS DO PJ MINAS

  • Estimular a formação política e cidadã de estudantes do ensino médio, por meio de atividades que os levem a compreender melhor a organização dos Poderes, especialmente do Legislativo, e a importância da participação popular no Parlamento.
  • Incentivar o envolvimento das câmaras municipais em atividades de educação para a cidadania e fortalecer o Legislativo Municipal.
  • Propiciar espaço para vivência em situações de estudos e pesquisas, debates, negociações e escolhas, respeitando-se as diferentes opiniões.
  • Levar os jovens a se interessarem pela agenda sociopolítica de seu município e pelo exercício da participação democrática na discussão e decisão de questões relevantes para a comunidade.