Deliberação de denúncia, intensificação de barreira sanitária entre outros temas são discutidos na 13ª Reunião Ordinária

Vereador Peixinho encaminha ofício ao PROCOM para vistorias de preços em supermercados
20/05/2020
Câmara Municipal derruba 3 vetos do Prefeito Municipal
26/05/2020

Veja o que foi destaque na última Reunião Ordinária, que ocorreu na última segunda-feira (18)

 

“Que a Secretaria de Obras realize a Operação Tapa Buracos no Santo Antônio II” (Vereadora Alvina Ferreira)

A Vereadora Alvina Ferreira, na 13ª Reunião Ordinária, indicou que a Operação Tapa Buracos aconteça no Bairro Santo Antônio II e que seja feita poda nas árvores. Além disso, solicitou que seja realizado o asfaltamento no morro de pedras do Bairro Bom Jesus e a troca de lâmpadas LED no Bairro da Santa Luiza.

“Não fico trancado em gabinete. Eu ando e atendo o povo.” (Vereador Maycon Willian da Silva)

O Vereador Maycon Willian Silva, na 13ª Reunião Ordinária, que aconteceu na última segunda-feira (18), disse que a Câmara vem fazendo seu papel de fiscalizar o executivo, cobrando a transparência e apoiando em suas decisões assertivas, para que a população seja beneficiada.

Falou também sobre os gastos abusivos da Prefeitura Municipal, principalmente com publicidade, citou denúncias anônimas de distribuição de cestas básicas sem critérios, faltou da falta de vagas em creches e as maiores taxas de impostos já vistas na história da cidade. Para finalizar, disse que o Prefeito Municipal está em uma bolha, e que vai responder processos por falta de diálogo e transparência.

“Será que o Centro é mais importante que os bairros da cidade?” (Vereador Peixinho)

Na reunião ordinária que aconteceu na última segunda-feira (18), o Vereador Adriano Viana questionou sobre a efetividade das Barreiras Sanitárias contra do Covid-19, onde não estão sendo realizadas na entrada dos bairros, principalmente do Jardim das Oliveiras.

Se for para fazer fiscalização, que seja bem feita e não uma maquiagem, segundo o Vereador. Além disso, demonstrou a sua indignação na troca de secretário na pasta da saúde em plena época de pandemia.

“Quem não deve, não teme.” (Vereador Erivelto Ângelo dos Santos)

O Vereador Erivelto Ângelo citou na última Reunião Ordinária que “nos bastidores” corria a notícia de que, devido a denúncia contra o Prefeito Julbert Ferre, ele poderia renunciar ao cargo. O vereador disse que espera que o prefeito não renuncie e apresente à Câmara as provas de todas as graves acusações.

Erivelto também pediu a prestação de contas dos cheques distribuídos para os afetados das enchentes ocorridas em Fevereiro em Machado, pois recebeu denúncias dizendo que pessoas que não foram afetadas estariam recebendo tal benefício.

A Prefeitura de Machado se recusa a apresentar a relação de beneficiados alegando respeitar a privacidade dos que receberam. Ressaltou ainda sobre esse assunto, que a Câmara votou a isenção do IPTU e a distribuição dos R$ 500,00 e tem o direito de fiscalizar para onde foram destinados tais recursos.

“A Câmara é independente e não um puxadinho da Prefeitura.” (Vereador Prof. Clayton Nery)

Na última segunda-feira, na 13ª Reunião Ordinária, o Vereador Clayton Magalhães Nery iniciou a sua fala questionando a mortalidade dos peixes no Lago Artificial (Praínha), onde até o momento não possui respostas dos órgãos competentes. Questionou sobre como o PROCOM Machado poderá auxiliar frente aos aumentos abusivos nos pagamentos de água e esgoto e energia e disse que entrará em contato para solicitar as devidas providências. Para finalizar, comentou sobre a falta de respeito da Prefeitura Municipal para com a Câmara de Vereadores, onde não responde os requerimentos com informações concretas, não age com transparência e ainda pune os Vereadores por estarem cumprindo com os seus papéis; motivos estes que levaram a abertura da Comissão Processante para averiguar as infrações político-administrativas do Prefeito Municipal.

“Solicito a abertura de mais um horário para a passagem de ônibus no Bairro Santo Antônio II” (Vereador Matheus Jovem de Deus”

Na última segunda-feira (18), o Vereador Matheus Martins Domingues (Jovem de Deus) relatou a insatisfação dos moradores do Bairro Santo Antônio II pelos poucos horários de passagem de ônibus no período da manhã. Mediante ao exposto, disse que irá encaminhar um ofício à Viação São Benedito e à Prefeitura Municipal para adicionar o horário das 08h30.

“Houve um crescimento de R$20 milhões em arrecadação, mas o que foi feito?” (Vereadora Renata Dias)

A Vereadora Renata Dias alertou que houve um crescimento de R$20 milhões na arrecadação, contudo, somente a obra do Velório Municipal foi realizada e não existem melhorias e vagas em creches e escolas. Importante frisar que o orçamento da revitalização do asfaltamento da cidade foi aprovado no mandato anterior.

Outro ponto comentado foi sobre a instalação da empresa EISA Interagrícola, onde a própria identificou a oportunidade de mercado e não foi um mérito da Prefeitura a sua vinda, já que apenas viabilizou o local. Para finalizar, disse que a vaidade atrapalha o gestor, sendo este um dos principais comportamentos do Prefeito Municipal.

“Não sou contra o progresso. Estou preocupado com os reflexos deste empreendimento.” (Vereador Melão)

O Vereador Messias Ferreira Martins Melão, na última Reunião Ordinária, chamou a atenção e fez requerimento ao Executivo, sobre as diretrizes de aprovação do novo loteamento localizado na região alta, próximo ao MEC (Bairros Bom Jesus, Vila Olímpica e arredores), uma vez que essa região já sofreu com o escoamento de água e também sobre as medidas compensatórias constantes em tal aprovação.

Preocupado com a transmissão do Coronavírus (Covid-19) em nossa cidade, na reunião, o vereador enfatizou a solicitação feita por ele sobre as medidas de prevenção que a Coopama vem adotando em relação aos caminhoneiros que ficam em frente ao pátio localizado no bairro Santo Antônio I, uma vez que foi liberado seu acesso mediante condições de segurança. Em resposta, a cooperativa apontou que além de fornecer produtos de higienização e exigência do uso de máscaras, está também fazendo trabalhos de conscientização sobre os cuidados a serem tomados neste momento.

 

Projetos de leis aprovados:

  • Projeto de Lei Ordinária nº. 47, de 11 de maio de 2020, em tramitação pelo regime de urgência especial, de autoria do Executivo, que “Altera a Lei Municipal n°3108, de 17 de fevereiro de 2020, que autoriza concessão de subvenções sociais e contribuições e dá outras providências”.
  • Projeto de Lei Ordinária nº. 48, de 11 de maio de 2020, em tramitação pelo regime de urgência especial, de autoria do Executivo, que “Autoriza abertura de crédito especial objetivando a transferência à Santa Casa de Caridade de Machado/MG, através de emenda parlamentar e dá outras providências”.
  • Projeto de Lei Ordinária nº. 49, de 11 de maio de 2020, em tramitação pelo regime de urgência especial, de autoria do Executivo, que “Autoriza abertura de crédito especial objetivando a manutenção das atividades do Ensino Fundamental, e dá outras providências”.

 

Seja um cidadão ativo! Acompanhe as reuniões da Câmara Municipal de Machado toda segunda-feira às 18 horas, na nossa página do Facebook