Desemprego, Cargos Comissionados, UTI, entre outros temas são discutidos na 17ª Reunião Ordinária

Lixo no Distrito Industrial II, Barreiras Sanitárias, Problemas Econômicos, entre outros temas são discutidos na 16ª Reunião Ordinária
10/06/2020
Pandemia e Pós-Pandemia, Transporte Escolar, Regularização de Loteamento, entre outros temas são discutidos na 18ª Reunião Ordinária
26/06/2020

Veja o que foi destaque na última Reunião Ordinária, que ocorreu na última segunda-feira (15)

 

“Isso é uma vergonha para Machado!”

(Peixinho)

Na última Reunião Ordinária desta segunda-feira (15) o Vereador Adriano Viana iniciou sua fala apontando a importância da pessoa que ocupa um cargo comissionado ser eficiente. Como exemplo, citou que o Secretário Municipal de Planejamento é pró-ativo enquanto a Secretaria Municipal de Obras terá que refazer alguns serviços no município.

Falou também que os munícipes relatam que a Secretaria Municipal de Fiscalização os notifica por falta de calçada ou limpeza de terrenos, mas vários dos terrenos pertencentes ao município estão nas mesmas condições.

 

“Me assusta o nível de loucura deste prefeito!”

(Clayton)

Nesta última segunda-feira, o Vereador Clayton Nery em sua fala no grande expediente disse que recebeu uma resposta do Secretário Municipal de Obras, Marcos Roberto Pereira dos Santos, dizendo que fechou o terreno e providenciará a limpeza do ‘lixão’ do Distrito Industrial II. Falou também das obras que se iniciaram na Rua Professor José Cândido que, mesmo resolvendo um problema de longa data, gerou um enorme prejuízo aos cofres públicos.

Explanou sobre a ilegalidade da autonomeação do Chefe do Executivo Julbert Ferre para membro do Conselho da Fundação Educacional de Machado (FEM), citando o artigo número 72 da Lei Orgânica do Município, falou ainda sobre a nomeação de pessoas de outras cidades neste conselho, sendo que o caso ainda se encontra na Justiça.

Respondendo a acusação feita pelo Vereador José Serafini na 16ª Reunião Ordinária que ocorreu na segunda-feira (8), o Vereador Clayton Nery disse que jamais acusou o prefeito Julbert Ferre de ‘ladrão’ pedindo ao colega que se interasse da denúncia.

 

“Com o dinheiro público, as coisas devem ser feitas de maneira correta!”

(Erivelto Angelo)

O vereador Erivelto Angelo começou sua fala na última Reunião Ordinária da Câmara Municipal citando a resposta do Secretário Municipal de Obras sobre o ‘lixão’ que se formou no futuro Distrito Industrial II, no bairro Córrego Fundo e complementou dizendo que fez, junto com seu colega Clayton Nery, um requerimento pedindo que a Prefeitura responda por escrito sobre este problema. O Secretário de obras Marcos Roberto Pereira Dos Santos disse por telefone que o problema será resolvido nos próximos dias. O vereador citou também a quarta reforma da Rua Professor José Cândido e ressaltou que espera que desta vez a reforma seja feita corretamente, para que não tenha problemas futuros, a nova reforma se iniciou essa semana. A pedido do Vereador foi aberto inquérito para apurar a responsabilidade nas intervenções anteriores no local.

Para finalizar sua participação, falou sobre uma publicação que saiu no diário oficial contendo em seu teor a autonomeação do Prefeito Julbert Ferre para o conselho da Fundação Educacional de Machado (FEM), no que ele chama de “Tentativa da Legalização do Cabide” já que o mandato está se encerrando e de forma ilegal o prefeito tenta um cargo para garantir o futuro.

 

“Acredito que o bairro da Cachoeirinha vai ficar um lugar ainda mais agradável para seus moradores.”

(Alemão)

O vereador José Pereira Lima Filho começou sua participação nesta segunda-feira (15) relembrando sua fala da 16ª Reunião Ordinária, onde ressalta a responsabilidade da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esporte com o ‘Castelinho’ da Praça Antônio Carlos.

Falou também sobre a Fonte Luminosa que no momento está em péssimo estado, e pediu para que o Executivo faça a recuperação desta atração, para que no verão, ela continue agradando os munícipes.

Apontou mais problemas no trânsito de Machado, desta vez sobre o problema com os estacionamentos de motocicletas que tem poucas vagas o que acaba prejudicando motociclistas e motoristas. Ainda sobre o assunto, falou sobre a baixa quantidade de vagas para idosos no município e a falta de fiscalização destas.

Completou a fala do Pequeno Expediente do Maycon Willian e disse que os moradores do bairro Novo Milênio também já podem fazer a escrituração de suas casas devido à regularização do local.

Falou também sobre o Campo da Cachoeirinha e que os postes para o fechamento do campo já foram entregues no local, o gramado também já foi trocado e acredita que em dentro de 30 dias a construção do campo já estará finalizada. Ainda sobre o bairro, disse que também já está sendo realizado o processo para o asfaltamento e meio-fio da Avenida José Donato Cunha, com Emenda Parlamentar do Deputado Estadual João Leite no valor de R$ 100 mil reais que o Vereador Alemão captou para o município.

 

“Eu não peço votos, eu faço as cosias de coração.”

(José Serafini)

O vereador José Serafini iniciou sua fala na 17ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Machado, lembrando os R$ 550 mil reais que captou, através de Emenda Parlamentar, para o município e elogiando a Gestora da Santa Casa de Machado, Maria Odete Maciel e o Secretário Municipal de Saúde Miller Alvarenga.

Elogiou a competência do Prefeito Julbert Ferre e suas escolhas para os cargos comissionados do Executivo e disse que acredita que o Prefeito acertou em várias de suas ações no município.

No final da sua participação, ele agradeceu as orações e apoio da população machadense quando ele estava passando dificuldades pessoais e pediu para que os membros da Casa Legislativa tenham mais união para o desenvolvimento do município.

 

“Hoje o Bolsa Trabalho é realidade em nosso município.”

(Matheus Jovem de Deus)

Na última Reunião Ordinária realizada nesta segunda-feira, o vereador Matheus (Jovem de Deus) apontou as realizações desta gestão para o município, entre elas o calçamento do morro do bairro Vale do Sol que há anos os moradores esperavam, a construção do velório de Douradinho, revitalização da Praça da Juventude e de todas as quadras esportivas do município, a construção do Campo da Cachoeirinha, a criação do Festival Cultural e a volta do Fest Areia.

Elogiou a ex-Secretária de Saúde Odete Maciel, que trouxe de volta o atendimento oftalmológico, beneficiando assim os munícipes.

Parabenizou o Prefeito e a Assessoria de Comunicação pelos vídeos explicativos que o Executivo está criando para mostrar à população o que está sendo realizado no município.

Finalizando sua participação falou sobre a importância do Projeto Bolsa Trabalho, de autoria do Vereador e da Secretaria de Desenvolvimento e Promoção Social.

 

“O próximo Prefeito em Machado deve apoiar muito os mais necessitados.”

(Maycon Willian)

O vereador Maycon Willian usou o pequeno expediente da última Reunião Ordinária para falar sobre os moradores do Jardim das Oliveiras e Jardim Novo Milênio que há anos esperavam a escrituração de seus imóveis. O vereador reuniu com a população, pediu um estudo jurídico e em reunião com o CREA-MG fizeram um projeto de conciliação permitindo assim que os residentes destes bairros conseguissem regularizar seus imóveis.

Já no Grande Expediente o vereador falou sobre a crise que o município vem passando, mesmo antes da pandemia do Coronavírus (Covid-19) com o desemprego. Lembrou da saída da Ferracini do município e do barracão que foi doado por governantes em gestões passadas, por benefício próprio, impedindo que outra empresa pudesse realizar suas atividades naquele local. Ainda sobre o assunto, lembrou também que o Prefeito Julbert Ferre, se comprometeu a trazer outra empresa para o local, e que ainda não deu esse retorno para os mais de 400 desempregados que estão sem renda no município, sofrendo ainda com o aumento das Tarifas de Água e Esgoto e do IPTU.

Pediu que a Prefeitura fizesse um vídeo explicando os erros cometidos no SAAE e criticou também as quedas de energia que vem ocorrendo diariamente e enviará um ofício para que a CEMIG dê uma explicação.

Ressaltou que a população machadense está passando dificuldade e o Prefeito atual não fez nenhuma doação de casas próprias ou terrenos para os mais necessitados, concluindo que o próximo Chefe do Executivo deve apoiar os mais necessitados e que o primeiro caminho é criar projetos de moradia e desenvolvimento social.

 

“A UTI já é uma realidade e vai ficar na história de Machado!”

(Melão)

O vereador Messias Ferreira Martins iniciou sua fala na última segunda-feira (15) falando sobre o bom trabalho do Comitê de Combate ao Covid-19 e de sua participação em uma de suas reuniões, à convite do Prefeito Julbert Ferre, e enfatizou a importância das Barreiras Sanitárias nas entradas da cidade.

Sobre a criação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), disse que é um sonho que está se realizando e infelizmente tem pessoas que são contra, pois foi o Vereador quem lutou para trazê-la para a cidade, com apoio do Chefe do Executivo. Complementou dizendo que o Prefeito comprometeu em inaugura a obra em outubro de 2020 e se tornará um marco na história do Município.

Citou a Rua Professor José Cândido, que está passando por reformas e que, se houver algum erro de execução nas obras anteriores, espera que o responsável pague por estas falhas. Ainda sobre o tema, disse que o asfaltamento desta rua foi importante para o município.

Ressaltou que, mesmo que o Executivo seja criticado por ele e por outros Vereadores, tem que se reconhecer o trabalho que está sendo feito nessa gestão, através de obras importantes para todos os munícipes, como a construção da UTI.

 

“Ninguém faz nada sozinho.”
(Renata)

A Vereadora Renata iniciou sua participação do Grande Expediente da última segunda-feira (15) falando sobre o Dia Internacional de Combate à Violência Contra o Idoso ressaltando a importância de combater este tipo de violência e do Conselho do Idoso para o município.

Disse acreditar que o básico para o Executivo é fazer o ‘dever de casa’ e ressaltou as Parcerias Público-Privadas com empresas do município para a manutenção das Praças públicas.

Elogiou o Projeto Frutas Vermelhas no município, que gera mais oportunidade de renda para pequenos agricultores e espera que o projeto se mantenha em outras gestões. Ainda sobre o Projeto, disse que o espaço do antigo Restaurante Popular está sendo utilizado como sede, o que na visão da Vereadora é uma ótima idéia, porém espera respostas do Executivo para saber onde estão as máquinas e materiais que estavam naquele local e sugeriu que o município fornecesse cursos de culinária para os munícipes menos favorecidos, principalmente neste momento de crise devido à pandemia do Coronavírus (Covid-19).

 

 

Projeto de lei aprovado:

  • Projeto de Lei Ordinária nº. 56, de 02 de junho de 2020, em tramitação ordinária, de autoria do Executivo, que “Autoriza abertura de Crédito Especial objetivando a aquisição de imóveis para a construção das pontes de acesso aos bairros Santa Luíza e Santo Antônio I, e construção de Centros Integrados de Apoio ao Cidadão, e dá outras providências”. Com pedido de dispensa de interstício regimental.